ARCHIVES

Projeto Powerful Voice

Começou a primeira semana e com ela vieram as apresentações. Embora a desorganização da AIESEC da Costa Rica se tenha tornado evidente logo no primeiro dia, foi nessa semana que conheci os meus amigos a quem agora trato como a minha família da Costa Rica. O meu projecto consiste em ensinar a nossa língua mãe […]

Read More

Day 1 – The Twisted Game of Chance and Fate

Chegada ao minúsculo aeroporto tinha a Benazir (Quiroga, cujo nome significa “incomparável”), a Kanykei (Quiroga, c.n.s. “esposa de Khan”) e a Kicky (Holandesa, c.n.s. “pontapé”, visto que na barriga da mãe era extraordinariamente irrequieta) à minha espera… E assim se inicia a roleta das Host Families. Já no carro, perguntei se as famílias com que […]

Read More

18 Hours of Clarity Of the Why

Mais do que perder de vista a minha zona de conforto e testar um novo horizonte, procuro ir além desta aconchegante redoma de cristal que me protege e consola enquanto sonho acordada, construindo planos e rumos – fantasiando com vidas que a priori já tomo como utópicas. Não me queixo. Longe disso. São a segurança […]

Read More

Off to Costa Rica!

Depois da confusão habitual de fazer as malas à última – como sempre – apanhei o avião para Madrid e depois de quatro horas de espera, segui para a Costa Rica. O bom de viajar sozinha será sempre as pessoas que conhecemos pelo caminho, que muito provavelmente não conheceríamos se fôssemos acompanhados. Na fila para […]

Read More

Let’s go to Brasil

A aventura começou quando aterrámos, finalmente, no aeroporto de São Paulo as 5h30 da manhã. Saímos do avião e estava a chover como se fosse inverno em Lisboa. Para completar a viagem, tivemos de apanhar um autocarro (ônibus) para São José dos Campos. As nossas emoções estavam ao rubro. Era um mistério como as coisas […]

Read More

Curiouser and Curiouser…

Certa noite, a Holandesa lembra-se de cozinhar um prato Italiano, com o nosso apreciado Azeite Galo Português, para a sua família Quiroga e compincha Portuguesa. Terminado o jantar, Begami (a irmã mais velha) pergunta-me se não me importava de irmos dar uma volta com um amigo dela que, como o único e exclusivo aparente ponto […]

Read More

A vida é uma escalada, mas a vista é linda

Faz hoje uma semana que cheguei ao Brasil. Posso dizer que tenho o melhor dos dois mundos aqui. Isto traduz-se por ter ficado numa ‘host family’ muito acolhedora e genuína, com uma vivenda bastante agradável, e por outro lado, ter ficado numa ONG que fica em Rio Comprido, uma zona bastante pobre. Acontece que é […]

Read More

Viver é adaptar-se

A minha rotina começa ou com um dia de muito sol ou com uma pequena neblina. Acordo, tomo o “café da manhã” (pequeno-almoço), preparo-me para sair de casa e lá vou eu. Felizmente, tenho a sorte de trabalhar perto de casa. Isto traduz-se por só apanhar um “ônibus” (autocarro) durante uns meros 7 minutos. Acreditem […]

Read More